CAMARADA MAO – 12/12/1997

Camarada Mao,

Ainda bem que o senhor já se foi. Seria um golpe duro demais, talvez, receber a notícia que chegou hoje do Comitê Central. Um de nossos camaradas, vestido com um terno Giorgio Armani, apareceu na televisão e anunciou que teremos uma corrida de Fórmula 1 aqui. E falando inglês!

Ele estava em Mônaco, tomando champanhe, numa afronta aos nossos princípios, em meio a burgueses sorridentes de smoking e relógios Rolex. Nada de túnica, nem sapatos feitos aqui mesmo, na periferia de Pequim. Os tempos mudaram, camarada Mao. Antigamente, iria para o pelotão de fuzilamento. Mas será recebido com festa.

E o pior o senhor não sabe. Camarada Fidel me telefonou na semana passada. Entre uma baforada e outra, às gargalhadas, disse que vai fazer uma corrida também em Havana!

O que estão pretendendo? Um campeonato comunista? Como? Não há mais países em número suficiente! Não, camarada, não podemos aceitar essas máquinas capitalistas, caríssimas, rodando pela Praça da Paz Celestial. É tudo culpa do Xiaoping, aquele velhaco traíra que deixou venderem Coca-Cola em Shangai!
Mudou tudo, camarada Mao. Ontem mesmo até eu cometi um pecado imperdoável e comi um Big Mac. É horrível, mas eu aproveitei a promoção número 1, que dá batatas fritas de graça. Sabe como é, a crise, a bolsa…

Mas parece que não tem mais volta, mesmo. Se os portugueses não arrumarem o autódromo deles, a turma virá correr aqui. Nossos operários e camponeses serão bombardeados pela propaganda consumista e descarada do Ocidente.

Se me permite, gostaria de submeter a sua sabedoria uma sugestão. Vamos proibir a entrada dos carros. Só correm aqueles feitos na China. Os pilotos podem vir, mas deverão vestir nossas túnicas e defender publicamente nossas causas. Nada de CNN, nem BBC. Faremos a transmissão pela TV, também. Mostramos a largada, depois colocamos no ar um documentário sobre os últimos resultados da nossa agricultura, algum discurso seu gravado e, depois, mostramos a chegada.

Vou levar a idéia ao Comitê. Se eles não toparem, peço demissão e me mudo para, para…. para onde? Albânia? Também acabou. Acho que vou pedir transferência de planeta.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s