PAPAGAIADA EFICIENTE – 14/11/1997

Não sei por quê, mas acho que sou voz solitária nessa história toda da punição do Schumacher. Ninguém conseguiu enxergar nada de bom, todos alegaram, eu também, que pra ele tanto faz como tanto fez, vice não é título.

Mas queriam o quê? Pendurar o rapaz numa cruz e imolá-lo? Colocá-lo na cadeia? Obrigá-lo a assistir a dez jogos seguidos do Corinthians? Forçá-lo a ver o Domingo Legal do Gugu?

Nada do que fizessem iria alterar o rumo da história. Para sorte da FIA, o Villeneuve foi o campeão, sobreviveu à sujeira do alemão queixudo. Então, o negócio era tentar dar uma lição. Isso foi feito.
O que a FIA disse foi o seguinte: daqui para a frente, se um palhaço qualquer resolver decidir um campeonato na marra, pode até tentar; mas vai ter o título cassado.

É claro que para o Schumacher ficou de ótimo tamanho. Acho que ele deveria sofrer na pele alguma coisa também. Começar o campeonato de 98 com cinco ou dez pontos negativos, por exemplo. Ele não precisaria ficar de fora de nenhuma corrida e o espetáculo estaria preservado. Ou pagar uma multa gorda, meio milhão de dólares, coisa assim. Mas também não seria nada tão dramático, ele tem dinheiro sobrando.

É óbvio, também, que se Schumacher tivesse sido campeão jamais a FIA cassaria seu título. Aí viria alguma punição mais, digamos, palpável do que esse negócio ridículo de tirar o vice. Mas, admitamos, os homens foram espertos. O objetivo de evitar que tais cachorradas se repitam, acredito, foi atingido. Tudo porque, no fundo, a FIA deu muita sorte de o carro de Jacques ficar na pista.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s